Memorial Descritivo
 
A mensagem desta Coroa é uma forma de também evangelizar, pois a idéia principal é que ela seja uma oração em si mesma. Baseando-se em sua própria história, buscou-se unir o fato da imagem de Nossa Senhora ter sido encontrada nas águas do rio Paraíba por uma rede de pescadores e tornar este fato um ponto de união com a necessidade de os homens, no mundo conturbado de hoje, serem também resgatados em direção a Deus.
 
Conceito/ Oração:
 
"Do mesmo modo que lhe tiraram das águas com suas redes, tece em Luz uma rede, Senhora, e resgata-nos das coisas do mundo que nos fazem pequenos e nos distanciam de Deus.

Em suas redes, eleva-nos até à Divina Luz. Maria de tantos andores, mãe e amiga, Maria de muitos nomes Maria, Nossa Senhora, Nossa Senhora de muitas Graças, Nossa Senhora desatando os nós, Nossa Senhora em Fátima, Nossa Senhora em Lourdes, Nossa Senhora morena em Guadalupe.

Nossa Senhora da Luz, Nossa Senhora do parto,Nossa Senhora da Paz, Nossa Senhora em nós. Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora ressurgida Divina revelação, Nossa Senhora Aparecida.
"
 
 
Os elementos que compõem a Coroa têm as cores da bandeira do Brasil, com maior ênfase para o azul, em diversos matizes de gemas diferentes, remetendo também para o elemento água que é tema da Campanha da Fraternidade 2004: "Água fonte de vida", tão abundante em nosso país e tão diretamente ligado ao aparecimento da imagem de Nossa Senhora.

Procurou-se utilizar elementos de fácil compreensão que falem direta e claramente de sua simbologia e significado, considerando que Nossa Senhora Aparecida é venerada pelo povo, de diferentes culturas e classes sociais, evitando uma linguagem abstrata ou puramente conceitual. São flores e folhas. Diamantes representando estrelas. Estes sobre a rede, são 27, representando os estados brasileiros e o Distrito Federal, atualizando as províncias simbolizadas no manto, sob a intercessão de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do nosso país.

A coroa é feita de duas telas que sobrepostas formam uma rede. As duas possuem o movimento das águas em suas linhas. A primeira, mais alta, simboliza os raios de luz que emanam de Nossa Senhora. A segunda, representa os caminhos que buscamos em direção a Deus, através da Luz de Nossa Senhora, formando, assim, a rede que simbolizamos na oração.


Material utilizado e processo de produção

 
São utilizadas gemas brasileiras, em lapidação navete, em diferentes medidas e nuances, de azul claro ao escuro. Propõem-se safiras e turmalinas verdes e berilos verdes para as folhas e águas-marinhas, topázios azuis, turmalinas azuis e iolitas para as flores. No centro da base em flores, uma água-marinha em navete, com caixa em ouro amarelo e cravação Inglesa. Cravadas com duas pequenas garras nas extremidades presas à caixa em sob ela, formando uma malha em ouro amarelo.

Crucifixo em topázio imperial, com cravação inglesa em ouro amarelo. As duas telas em fios de ouro branco com diamantes incrustados em caixas soldadas sobre a ma mais baixa representando os estados. Na borda, um pavê de diamantes.



   
   



2003 - 2004 Todos os direitos reservados.
Officina di Design. Resolução em 800x600.